Crystal... quase finalizada....

Olás!!!
Tudo joinha???

Gente do céu... acabei de brincar com a lebre que meu filho ganhou na páscoa.... lindinho ele (é um machinho)... mas agora estou com o nariz coçando sem parar.... ai meu Deus, será que é alergia??

Espia só o Frederico como é fofucho... não tem como não dar umas apertadinhas né? Ele ainda está um pouco arisco mas já está bem mais mansinho do que quando chegou. Tirando a parte em que ele devastou todo o meu jardim comendo até meus pés de pimenta... ele até que é bem gostosinho e simpático....kkkkk

Mas gente eu queria mostrar uma coisinha para vocês também. Olha só que lindinha está ficando essa roupa.... só falta terminar a franja e aí.... ela vai estar prontinha para brilhar nos palcos e encantar a todos!!!

Assim que estiver terminadinha eu posto ela de novo ok??

Um grande beijo meninas... vou lavar o nariz com soro fisiológico porque está coçando demais da conta. Ai, ai, ai, ai...

Fiquem com Deus!!

Voltar para: Home

Alongamento para bailarinos

Voltar para: Home - Eventos

II Almoço Árabe

Voltar para: Home - Eventos

Andréia Mahaylla no L'Arabyan

Voltar para: Home - Eventos

III Aulas Intensivo de Dança do Ventre - Dia das Mães

Voltar para: Home - Eventos

Vamos de bike?

Bom dia!!!

Hoje comecei o dia passeando pela net e me deparei com uma imagem que realmente gostei muito. Não é sobre dança do ventre ou afins, mas é uma imagem que me tocou e com certeza faria muita diferença se muitas pessoas adotassem essa postura.

Nosso planeta está sendo muito sacrificado, o caos nas pistas devido ao crescimento excessivo de carros é absurdo. Enchentes, desgraças, mortes... tudo isso não é à toa... o "bicho homem" é o único responsável por todos esses males, por tanta poluição, pelo aquecimento do meu e do seu planeta.

Triste.... porém.... dura realidade.

Quase sempre penso.... que futuro terá meus netos e bisnetos??? Meu filho eu posso acompanhar, claro... até onde Deus me permitir... mas talvez eu não chegue a ver meus netos e bisnetos e como será o mundo na época deles??

Acredito que tudo começa com atitudes simples. Dentro da nossa própria casa.
Eu, meu marido, meu filho (2 anos e 4 meses), meus pais, algumas tias... nós separamos nosso lixo. Levo toda semana uns 3 sanitos de reciclagem para a creche do meu filhote. Gostaria muito que fosse apenas um saco ou meio saco. Mas ainda chego lá...

Essa semana fui ao mercado comprar pão de queijo que meu filhote adora e pão francês para tomarmos café a tarde. Na fila do caixa ele olhou para um bombom sonho de valsa e olhou para mim e perguntou? "Pode?" Eu disse que sim, afinal não é sempre que deixo ele comer doces. Dei a ele as moedinhas para pagar o bombom. Ele ficou tão feliz em pagar seu bombom!!

Enquanto eu fui passando o pão, ele abriu o bombom, amassou o papel, olhou em volta como se estivesse procurando algo e, de repente ele entrou embaixo das pernas da mulher do outro caixa, jogou o papel no cestinho de lixo dela e voltou para perto de mim. A moça levou um enorme susto com ele e eu, ai meu Deus, eu..... como fiquei tão, mas tão orgulhosa!!! Meu pequeno jogando o papel no lixo sem que eu precisasse mandar. Enchi aquelas bochechas gordinhas e rosadas de beijos e o elogiei.

Pois é... eu morro de vergonha só de ver alguém jogando um papel de bala no chão. Nunca tive coragem de fazer isso e olha que já peguei uma vez minha própria mãe fazendo isso.... he he e claro, dei uma bronquinha básica. Acho que funcionou porque nunca mais presenciei isso. Que jóia!

Ter educação acima de tudo, não é tão difícil assim, não dói, não tira pedaço de ninguém.
Precisamos nos educar, nos policiar, educar nossos filhos, sermos exemplos. Afinal... que mundo queremos para nós mesmos??

A respeito da foto acima. Linda!! Ir de bike. Porque não?? É uma idéia ótima. Além de darmos uma forcinha para o planeta, deixamos os congestionamentos de lado, menos trânsito, menos barulho, menos estress, menos poluição!!!!
VIVAAAA!!!

Mas nem tudo é simples assim né??? As pessoas precisam acima de tudo querer isso...
Espero que nós consigamos chegar a esse pensamento... a essa vontade de querer mudar e assim melhorarmos a qualidade da vida na Terra!!!!

Reflitam!!!!
Um grande beijo e boa semana!!!!

Mabruk - Um espetáculo através da dança!

Voltar para: Home - Eventos

Lulu Sabongi dá um show!

Olá meninas!!!

Gente que coisa maravilhosa que é ver a Lulu Sabongi dançar! Fico de boca aberta sempre! Adoro essa mulher!

Até na hora do sufoco ela consegue ser elegante. O vídeo abaixo mostra um momento em que a roupa de Lulu Sabongi abre e ela consegue numa boa se livrar da saia justa.
Algumas amigas dão uma mãozinha, incluindo Carla Silveira que aproveita para dar uma descontraída na hora do aperto. Aperto que aliás, nunca sabemos a hora que irá acontecer. E nenhuma de nós estamos livres de passar por isso um dia não é mesmo?

Vale a pena assistir o vídeo meninas!

Amei!!!

Beijos!!!

Mariana Rocha

MARIANA ROCHA é Bailarina, Professora e Coreógrafa da Arte da Dança do Ventre.
Ministra aulas há mais de 5 anos e estuda há mais de 10 anos esta Dança. É graduada em DANÇA pela PUC-SP.

Criou projeto de aulas para 3° idade e é autora de 5 apostilas: Iniciante, Intermediária, Avançada, Intesiva e Profissional.

Seu primeiro contato com a Dança do Ventre foi no ano de 2000 através de fitas de vídeo didáticas.

Em fevereiro de 2001 tornou-se aluna de Lateefah (Ana Maria Ioannou). Foi aluna das Mestras Shala Sonria (ARG) e Elissa (EGY). Em 2002 passou a ter aulas com Giuliana Scorza, participou de cursos específicos; com Mahin Nahid, o músico e instrumentista Pedro Francolin.

Seguiu seus estudos em 2004 com: Tahira Al Falak, Amar El Leil, Hadassa e Jannah El Havanery. No mesmo ano, tornou-se aluna de Hayat El Helwa no curso Avançado Seletivo para Professoras. Teve também aulas com: Isis Pires, Mahaila El Helwa e Luana Mello, tem seu certificado assinado pela Mestra Egípcia Farida Fahmy’s.

Começou a ministrar aulas em 2004 nas Academias Fit Mania e Rush Sports, e aulas particulares na zona oeste de SP.

Participou do Workshop “Técnica Específica para Leitura Musical Explorando o Ritmo Soumbati” com Soraia Zaied organizado e supervisionado por Lulu Sabongi.

No “V Festival Internacional de Dança do Ventre”, participou dos Workshops com os Mestres Egípcios: Mahmoud Reda, Raqia Hassan e Faten Salama.

Realizou aperfeiçoamento técnico com o músico George Mouzayek.

Foi convidada em 2005 para a 1ª etapa do treinamento de professoras Luxor.

Participou do workshop Velocidade, Controle e Percepção em 2006 com o diretor e coreógrafo Alejandro Ahmed.

Em 2007 participou do “Festival Ahlan Cairo Night” nos workshops com: Virginia (EUA), Ahmet Luleci (TUR), Hayat El Helwa e Shalimar Matar.

Foi aluna de Hayat El Helwa de 2004 a 2008.

No “IV Festival de Dança de Embu das Artes” em 2008 foi jurada nas categorias Infantil e Juvenil de Dança do Ventre.


Ministrou o workshop: "Técnicas de quadril e soltura" no II Festival de Dança Oriental.

Participou do “Encontro Internacional de Dança do Ventre”, nos workshops com: Amar Gamal (CUB), Kaeshi Chai (EUA), Romina Maluf (ARG), e Adriana Bele Fusco.

No “IX Festival Internacional de Dança do Ventre” fez workshops com: Samara Hayat (ESP), Romina Maluf (ARG), Gada Kanaan (CHL), Angeles (ARG), destacando a Mestra Egípcia RAQIA HASSAN. Além de: Amara, Lunah, Lina, Maisha, Zahra e Isis Pires.

No espetáculo “Leyle Said” no Teatro Plínio Marcos, foi jurada em todas as categorias de Dança do Ventre.

Em 2009 no “V Festival de Dança de Embu das Artes” foi jurada nas categorias: Dupla, Grupo, Amadora e Profissional de Dança do Ventre além de todas as categorias de Dança Cigana.

Ministrou aulas no Omkarananda Ashram de julho de 2008 a agosto de 2009.

Graduada pela Pontifícia Universidade Católica na Faculdade de Comunicação e Filosofia da PUC no Curso de Comunicação das Artes do Corpo com formação e habilitação específicas em DANÇA.

Autora do trabalho de conclusão de curso: “Entre o Sagrado e o Profano: A Dança do Ventre e um possível dialogo com o corpo contemporâneo”. Sob orientação de Gabriela Imparato. Integraram a banca: Lulu Sabongi e Lucila Tragtenberg. Este, encontra-se na biblioteca da PUC, onde por exigência da instituição, apenas permanecem os trabalhos qualificados com nota máxima.

Mantém seu curriculum em processo contínuo.

Ju Marconato em Campinas - SP

Festival Árabe e Cigano Luna Shams

Leia mais sobre: