Dicas - Professoras e Bailarinas


- Assista aos vídeos das grandes bailarinas egípcias ,sempre!

É aí que você verá a verdadeira e mais elevada Dança do Ventre. Procure por Fifi Abdo, Najua Fuad, Souhair Zaki, Nadia Jamal, Mona Said, entre outras, com elas você aprenderá muito. Reúna-se com as amigas e estude os vídeos juntas, umas observando a dança da outra. Assim se faz na Arábia!
.
- Tenha um trabalho corportal que complete a Dança do Ventre
Para uma bailarina profissional é necessário um trabalho de condicionamento físico e força, porque às vezes ficamos mais de uma hora no palco, eu uso o ballet, musculação e corrida. No ballet também treinamos técnicas de postura no palco e interpretação. Para as pessoas que fazem a dança do ventre como hobby, é importante manter os músculos intercostais firmes com musculação, por exemplo, para que eles sustentem seu corpo, sua coluna, para que você dance até os 80 anos e o mais importante, dance FELIZ!
.
- Dança do Ventre é um estudo profundo e sério
Estudar, saber de onde vem todos os estilos diferentes da dança, quais as vestimentas corretas para cada estilo, a interpretação e principalmente o idioma árabe e saber o significado das músicas que se está dançando é fundamental.
.
- Mergulhe na cultura árabe, fascine-se como Oriente!
O Oriente é mágico... perfumes, cores, tapetes persas, comidas exóticas, o idioma , os costumes, pergunte para "patrícios" antigos os significados de certos hábitos, tudo isso vai enriquecer sua dança. Você tem que sentir a música árabe, não imitar ou se limitar a ouvir, aí está o segredo da verdadeira dança, é puro sentimento.
.
- Valorize seu maravilhoso trabalho
Para as profissionais e também futuras profissionais: é você quem define a qualidade do seu show. Quando você sentir que estão subestimando sua arte, diga: Não! Peça um espaço adequado para a dança, um local para se vestir com conforto, afinal quem faz o show é você. Quem se valoriza, é valorizado.
.
- O que você envia ao Universo, receberá de volta
Dar dicas, procurar ajudar, ser generosa, tudo o que fazemos, um dia retorna, se não é por intermédio da mesma pessoa, volta em outra ocasião, quando menos esperamos.
.
- Trabalhe sua energia de amor
Aquilo que passamos no palco é o que somos por dentro. Quanto mais seguras, amorosas e em paz conosco mesmas, mais carinho, atenção e respeito teremos do público. Nosso trabalho é levar alegria a todos os lugares, a nossa dança um ato de amor a Deus e a tudo o que existe.
.
Dance, dance e brilhe muito!!!!

Comente!! Obrigada pela visita e volte sempre!!!

Nenhum comentário:

Leia mais sobre: